ABERTURA E LEGALIZAÇÃO DE EMPRESAS - Foto: 1

Consiste em proceder a abertura ou legalização da empresa junto aos orgãos competentes, sejam eles, Cartório de Registro de Pessoas Jurídicas, Junta Comercial do Estado, Entidades de Classe, Secretaria da Receita Federal do Brasil, Prefeitura, CETESB, INSS, Caixa Econômica Federal e outros orgãos julgados necessários para o funcionamento da empresa. 

Constituição de Empresas 

  • Elaboração dos atos constitutivos; 
  • Constituição de sociedades empresárias, sociedades simples, S/A, Ltda., cooperativas, associações, fundações, etc; 
  • Registros e arquivamentos nos órgãos competentes; 
  • Regularização junto aos órgãos fazendários e demais órgãos públicos; 
  • Aditivos, atas e documentos afins. 

Reorganização Societária 

  • Reorganização societária objetivando o planejamento sucessório, bem como proteção do patrimônio dos sócios;
  • Planejamentos fiscais, objetivando minimizar a carga tributária; Incorporação ou fusão entre empresas;A transformação de sociedades;
Orçamento Online
Contato
Email:

contatocellim.com.br

Fone:

11.4121.3400

Endereço:

Rua Santos Dumont n.º 168, Conjunto 22
Centro - São Bernardo do Campo/SP

Ver no Waze


Novidades
  • Receita Federal usa Inteligência Artificial para analisar XMLs de NFes
  • Receita Federal publica a edição de 2018 do  Perguntas e Respostas da Pessoa Jurídica
  • OIT pode colocar Brasil na lista de países que violaram convenções
  • SP - Fazenda oferece  Consulta Tributária Nos Conformes  para esclarecer dúvidas e facilitar a autoregularização
  • Novo teto do Supersimples inclui ICMS e ISS
  • Ajuste da reforma trabalhista deve estar pronto em 15 dias, diz Yomura
  • Contabilidade e era da revolução digital
  • Seminário Brasil Mais Simples discute simplificação no processo de legalização dos pequenos empresários
  • Parcelamento de débitos tributários, pequenas empresas devem se apressar
Redes Sociais